segunda-feira, 13 de outubro de 2008


* Dos setecentos e trinta dias de poesia *

Devo dizer que não foi por acaso.
Que foi o destino o responsável disso tudo.
Devo dizer que não foram as asas de borboletas.
Nem os murmúrios dos passarinhos.
Nem os pés de ipês que ficam sorrindo para nós dois no mês de setembro.
Tampouco o campo de girassóis lá de Encruzilhada do Sul.
Nem meus dedinhos cruzados embaixo da mesa quando decidi lutar por nós.
Foste tu quem trouxesse aos meus dias a ternura, a candura que um dia assim molequinho desatento eu havia perdido.
Tu seguraste as minhas mãos e a covardia inquilina do meu peito saiu correndo, fugiu e nunca mais voltou.
Minha alma agora é partida em dois, metade habita em mim, metade habita em ti.
Foste tu, menina dos olhos de eterna primavera, que me disse que amor é doce-de-leite lambuzado em uma grande fatia de cuca. E desde então eu tenho optado a viver o lado doce de um mundo um tanto amargo.
Parece que foi ontem mesmo que fizemos dois meses e tu falaste que estávamos já predestinados. Agora com dois anos, te digo querida, nossas próximas vidas já estão previamente entrelaçadas.
Eu deveria ter-lhe dito antes de tudo começar: sou um homem triste.
Mas hoje ao teu lado, apenas sei sorrir. Sou reservado ao amor.
Contigo quero ser feliz (antes de mais nada).

PS: Dois posts pra comemorar um amor bonito como o nosso. : )

4 comentários:

Dani Cabrera disse...

:D
Só me resta rir Naty!
Dos "dedinhos cruzados" pra baixo eu danei a rir.
Ri feliz por vocês (feliz de verdade!), por terem se encontrado, por terem um Amor tão lindo, por ser óbvia a felicidade ao longo do caminho de vcs, pelos dois filhos que terão, pelos dois anos e pelos eternos anos que têm vidaS à fora...

Prometi a uma pessoa (a minha pessoa, rs) que agora quando eu for à Paris, vou colocar o nosso nome bem no pé da Torre Eiffel, no símbolo da Cidade do Amor. Vou tatuar o nome de vocês bem ali também. Ju-ro! E vai estar ali pra sempre também.

Esse vai ser o meu presente da Boda de Algodão pro casal mais querido que conheço! (Porque casamento começa no coração.)


Adoooro vocês!
Ansiosa pelo dia do nosso encontro! :D

Estefanie Fernandes disse...

Me desejaste poesia no dia 12, e agora afirmo que você é parte da poesia em minha vida ^^

E viva ao amor e a poesia que nele existe!

Doguinho disse...

Oi minha queridoquinha.
Ao teu lado apenas sei sorrir e pensar nas coisas boas que a vida há de nos dar. E eu sei que ela vai nos dar tudo o que a gente precisa.
Apenas estar contigo já me deixa feliz. Tu és tudo pra mim e fico muito feliz por teres tu ao meu lado.
Para sempre seremos um só ser.
TE AMO PRA SEMPRE.
E que venham os próximos anos, cada vez mais felizes.
Beijos, TE AMO!

Sara disse...

Bom ser reservado ao amor, bom sentir o outro próximo, bom realizar os sonhos com quem escolhemos para passar o restinho de nossas vidas... :)
Beijos