quarta-feira, 18 de junho de 2008

* Depois de ti *

Os pássaros de porcelana perderam o olhar opaco e alçaram vôos espetaculares riscando o céu do meu bairro,
...os soldadinhos de chumbo ganharam movimentos mais leves e tiraram as bailarinas vestidas com tulê rosa e delicadezas para dançar,
...as marionetes arrebentaram os fios que lhes prendiam a um mundo repetitivo, monótono e criaram grandes monólogos onde falavam sobre a descoberta do amor,
...os porta-retratos empoeirados libertaram as fotos e todo aquele sorriso antes aprisionado saiu por aí fazendo feliz toda a gente,
...a maçaneta enferrujada da porta do sótão do castelo se abriu e a princesa foi finalmente liberta, não precisou esperar o príncipe para se transformar em conto de fadas, tornou-se heroína que povoa os ideais das meninotas,
...o caderno com linhas vazias preencheu-se com letras e canções da história de nós dois...
o espelho parou de refletir aquela mulher irritadiça que só esbravejava contra a felicidade e passou a mostrar uma moça serena e esperançosa,
...o leite da xícara cansou de ser tão ralo, tão insosso pediu em casamento o açucareiro mais adocicado da mesa e o par tornou-se leite condensado fazendo com que as crianças moradoras da casa dessem pulos altos de alegria.
Quando os meus lábios se apaixonaram pelos teus o mundo passou a ter sentido.

5 comentários:

Estefanie Fernandes Simões disse...

Porque só assim o mundo fica mais belo =D

Teu amor disse...

Quando os meus lábios encontraram os teus, tive a certeza do q era o amor de verdade. É olhar pros casais velhinhos, casados há 50 anos, e q ainda se olham com os olhos de paixão, e imaginar nós dois assim.
Porque eu sou o teu leite e tu és o meu açucareiro . Te amo mto!!! um bjo

Taah disse...

Amo tanto seu blog. Amo a maneira como escreve. Uma vez deixei um recado pra ti no orkut, mas acho que tu nem viu... ehehe. Mas parabééns pra ti! é muito lindo todo esse amor que tu tem ^^

*:

dani cabrera disse...

Lindo mais uma vez, Natália!

Nem sempre consigo tempo pra comentar, às vezes comento só com um sorriso no rosto, mas venho sempre conferir tuas novidades.

O bom do amor é que ele sempre tem coisas novas. O amor é criativo, não tem tempo pra clichê...

O bom do amor é que ele divide as águas da nossa vida. É meio louco... Ainda bem!

O bom do amor é que ele dá sede de viver pra ver a felicidade todos os dias, a cada despertar!

Sejam felizes a cada segundo lindo de vocês!

E sabem que já têm uma amiga, contem comigo pra rir ou pra chorar!

Um beijo do tamanho do mundo! :D

Marina Klemm ~ disse...

Não sei como encontrei seu blog. Uma vez estava aflita, e ao ler suas palavras, me senti calma. É incrível esse dom que você tem.. me identifico muito com o que você escreve. Adoro seus blogs !
É uma pena que eu não te conheça.
Beijoo!
Te admiro demais. :D