terça-feira, 17 de junho de 2008


* Da declaração bem curtinha * (ou * Sobre as tonalidades bonitas ao teu lado * ou ainda *Das combinações*)
Se azul fosse eternidade,
e rosa fosse amor...
te desejaria o meu músculo pulsante lilás (que só palpita por ti).

PS: Saudade. ; )

2 comentários:

Estefanie Fernandes Simões disse...

Porque você deveria escrever um livro!

Teu amor disse...

Ainda que seja uma declaração curtinha, é linda. Tudo o q vem de ti é lindo. E eu te amo mto, tá? Pra sempre em cor lilás tb!!!
Beijos do teu grande amor.