quarta-feira, 2 de abril de 2008


* Sobre os pedacinhos que compõem o amor *

Não que eu não goste de avestruz,
arara,
passarinho do peito amarelo que "futrica" a grama verde em busca de não-sei-bem-o-que,
pelicanos que voam alto,
garças,
dos flamingos com seus tons tirados de telas pintadas à óleo,
do beija-flor que namora o lírio que se aquece embaixo do sol,
não que eu não sonhe com o bem-te-vi e daquela primeira vez em que vi um no quintal da minha casa,
não que eu vire a cara para as andorinhas,
que eu fuja das corujas,
que eu não quase assovie quando ouço o canto dos pardais.
Mas ainda assim, acima de todos os pássaros tenho predileção pelos pingüins.
Eles são elegantes, sempre vestidos de preto e branco.
Têm aquele andar simpático, quando se movimentam tombam para os lados.
E quando encontram o seu par, são fiéis por toda a vida.
E é nesse momento que eu te pergunto:
- Queres ser o meu pingüim (para sempre)?

PS: * :>

5 comentários:

Carol disse...

Passando aqui por acasuu..
Legal teu blog..
;x

Estefanie disse...

Oun *-*

Luciane disse...

Sempre perfeitos!!!
Parabéns!!!

bjos

Teu amor disse...

Amor, SIMSIMSIMSIMSIMSISMISIMSIM eternamente!!!!
E tu serás o meu! ;)

Anônimo disse...

Todos lindos, mas este realmente tá flor de especial!Bahhh