terça-feira, 17 de novembro de 2009

Da série postagens antigas - parte XXXVIII - texto do dia 08/03/2007.

* Dos 150 dias *

Cinco anjos unidos pelas pequenas mãos brancas brincando de ciranda no pátio dos fundos da casa de Deus.
Cinco riscos que formam uma carinha sorridente no canto esquerdo do caderno da menina que usa laço de tule no cabelo ruivo.
Cinco chicletes de canela.
Cinco dedinhos do pé da Natasha.
Cinco fios do "topete" vermelho do Pedro.
Cinco lambidas rápidas (e avassaladoras) na nuca dela.
Cinco trufas da Tcha Miriam para uma tarde triste.
Cinco colheres de achocolatado, uma lata de leite condensado e uma colher de manteiga para o doce perfeito.
Cinco pitadas de beijos (lascivos).
Mais cinco de beijos (ainda mais lascivos).
Cinco tatuagens espalhadas pelo corpo dela.
Cinco sorrisos multiplicados por mil cada vez que ele vislumbra ela do outro lado da rua.
Cinco certezas. Ela nasceu para ti, Deus é um cara realmente bacana, vocês dois serão felizes juntos, os olhos de Sofia e os de Caio serão como os dela, esse sentimento é para sempre.
Cinco tentativas anteriores um tanto frustradas.
Cinco canetas coloridas que escreveram "Te amo" e animaram o pano escuro.
Cinco canções para nós.
Cinco e a certeza do amor.

3 comentários:

Teu mori disse...

Eu te amo muito, meu mori!
Tu és tudinho pra mim.

Um beijo.

Paula ϟ disse...

Chicletes de canela, adoro! *-*

Muuuuuuuuuito bom esse texto; adorei.

Bia Ferreira disse...

Deus é um cara realmente bacana...