terça-feira, 21 de julho de 2009


* Da jura *

Eu prometo ser bacana mesmo quando o dinheiro no final do mês for curto não podendo comprar pra ti um ramalhate de flores amarelas (girassóis ou gérberas que gostas). Não te deixarei na mão. Entrarei escondido nos quintais das casas vizinhas e furtarei um punhado de flores de laranjeira e farei com elas uma pequena coroa para que tu finalmente sejas devidamente reconhecida como eterna princesa (da minha vida).
Prometo te entregar doses homeopáticas de felicidade, daquela com que estás acostumada. Me proclamo teu fiel escudeiro para te fazer sorrir nos ligeiros momentos em que deixamos de sonhar por causa desse pessoal que só sabe machucar os outros, esse pessoal que é esnobe, piegas, grosseiro. Por causa desse pessoal, querida, arranjaremos ainda mais razões pra sorrir. Conhecemos todas aquelas canções para dançarmos os dois no meio da sala e termos certeza que sim, a nossa história é destino.
Prometo ter por ti tanto sentimento quanto as milhões de pequeninas sardas que moram na pele da Anamaria (que me confidenciou hoje que também encontrou o amor).
Prometo que o verbo "amar" será o mais conjugado quando nós dois morarmos juntos.
Prometo te ajudar a trocar as fraldas das crianças até no meio da madrugada. Acordarei antes de tu abrires os dois olhos verdes (esperança) e quando voltar correndo pra nossa cama me aquecerei no teu corpo morno e direi: Sou o cara mais sortudo de todo o mundo. Te encontrei.
Prometo permanecer longe de preconceitos e censuras. Desejarei o que houver de melhor para aqueles que um dia nos feriram (e eles talvez esqueçam da nossa doçura, nossa vontade de melhorar e parem com essa invejinha que é coisa tão pouca).
Te prometo abraços sem fim, um bom amigo, confiança, caráter, poesia, mini tortas recheadas de doce-de-leite e castanhas.
Não prometo ser o homem mais bonito que irás conhecer, mas farei de tudo para ser mais cavalheiro, bondoso, respeitoso, elegante, descolado e charmoso que tu poderias imaginar ou desejar.
Prometo te lembrar pelo resto das horas como me apaixonei quando a vi naquela foto com camiseta branca, cabelo loiro esvoaçante. E dos sonhos que passei desde então a ter contigo.
E prometo estar ao teu lado no dia em que os anjos de Deus vierem nos levar embora (pro céu anil).

PS: Um brinde ao amor. E um brinde à Anamaria, que agora tb é uma sortuda.

8 comentários:

Priscila Sanches disse...

Gente, eu quero um assim tb! rs

Ana Carolina disse...

perfeito!=)

Sereníssima disse...

e viva às pessoas maravilhosas, que nos fazem entender e aceitar que vivemos sim em um mundo de amor porque elas existem...

**** amo meu gutto...

obrigada minha linda pela citação e por me incluir no estreito hall das sortudas q amam e são amadas de verdade... viva a felicidade!!!!!!!

beijos

Teu mori disse...

Minha linda, minha musa...

Eu também te prometo tudo isso!
Seremos para sempre eu e tu, alem de nossos 7 acompanhantes (5 filhos, peixoto e Tinoca).

Te amo mais que tudo e para sempre!
Beijos.

Sammyra Santana disse...

Oi, tudo bem?
Estou divulgando em meu blog a "Campanha+Promoção: Ajude Salete Maria a CORDELIRAR". concorra ao sorteio de uma linda camiseta pintada à mão!
Trata-se de uma campanha para ajudar a grande poeta Salete Maria a lançar sua coletânea de cordéis.
Dá uma passadinha lá no meu blog e, se der, participa pra dar uma força e contribuirmos pro enriquecimento cultural de nosso país!
Beijos!

Joanne disse...

Q Lindoooo!
perfeito

Mário Liz disse...

Natália, minha namorada há tempos é leitora do seu blog, ela se chama Sayuri.

Tive curiosidade em saber sobre suas palavras: esse jeito romântico-leve-teimoso-tropeçante-sonhador-sereno-desejeitado-e-encantador com que vc se projeta direta ou indiretamente em cada linha que tece.

Pra falar a verdade, juro pra vc: é realmente muito difícil encontrar alguém, neste mundo "árido" com um coração tão ... digamos assim ... fértil em esperança e desejos por felicidade.

Na verdade, creio que todos são como vc, mas... ninguém verdadeiramente assume ...!

Eu sou poeta, uso linhas um pouco mais tensas que as suas ... mas, assim como vc, sou crente nos sentimentos e também sou subalterno deles.

publico meus poemas no endereço:
http://meiomarmeiorio.blogspot.com

aguardo uma visita sua.

abraços

Mário Liz

Flor de lotus disse...

Perfeitoooo...
adoreiiii
=*