quinta-feira, 27 de março de 2008


* Sobre as coisas que faltaram ser ditas *

Todos os amigos sentados, reunidos num sábado à noite numa cidadezinha mágica do interior do Rio Grande do Sul.
Após a comilança era precisa fazer a digestão com coisinhas assim amenas e doces.
Deve ter sido por isso então que o rapaz de barba perguntou pro moço ruivo as coisas que fizeram com que ele se apaixonasse por aquela menina loira.
Ele sorriu, não que estivesse confuso e não lembrasse mais das oitenta nove razões por ter se aproximado dela, mas num só momento não se recordaria de todos os atributos que sua "antesnamorada,agoranoivaefuturaesposaemãedeCaioeSofia" possuía.
Falou alguns pontos importantes... como àquela ida ao show do Los Hermanos quando ela nem conhecia algumas canções que hoje são hinos do amor dos dois.
Mencionou o quanto ela era bonita.
Bonita de verdade.
Nem a Lady Di era tão bonita quanto ela.
Ela tinha aquela dádiva de ser tão linda através de seus poros como por dentro deles (dentro da alma, dentro do músculo pulsante).
Nem mil beija-flores sobrevoando juntos teriam mais beleza.
Falou sobre a inteligência dela tanto para coisas lógicas quanto como para coisas do coração.
E sobre os abraços apertados.
Esqueceu de dizer sobre a vez que ela contou do pintinho de estimação que era dela e dos irmãos. De tanto o amarem e apertarem, o pobre bichinho durou alguns dias apenas, mas também teve um dos funerais mais bonitos de Encruzilhada do Sul.
Não lhe veio à cabeça dizer sobre as gentilezas que ela lhe entregava diariamente.
Como naquele dia que caminharam muito para encontrar um guarda-chuva prateado em que coubessem os dois. Um utensílio que para ele era "indispensável" e ela compreendia.
Faltou falar das quatro mãos que sempre se encontravam por baixo das mesas.
Sobre como é bom colocar a perna por cima da cintura dela e ficar horas deitado pensando sobre um futuro tão bom, mas tão bom que nem querendo poderia descrevê-lo inteiramente.
Faltou dizer que apenas agora ele compreendia realmente o que era o amor
(e isso por si só bastava).
PS: Nem preciso dizer que dia é amanhã, né? :D

5 comentários:

Little Phoenix ~ disse...

lindo demais!

Camila disse...

Estava realmente com saudades de suas lindas palavras.

Um beijo querida.

Teu amor disse...

Tu és a pessoa mais maravilhosa do mundo. Beijos do teu amor.

Anônimo disse...

Saudades destes sorrisos lindos... e agora nossos momentos serão só de felicidades! Lindo e inspirador como sempre, amo vocês "Mamis"!
Beijos da filha

E justo dessa...rsrs

Looo :o) disse...

Sou fã de seus textos. Simplesmete lindos!

Tenho seu blog em meus favoritos mas já nem me lembro como cheguei até aqui.. rsrsrs

De qualquer forma, Parabéns pela originalidade e pelas lindas demonstrações de afeto!

Felicidades sempre!